Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

Outro Brasão

Este é um painel de azulejos da vila de Porto Salvo.

 

Nele está representado O Chafariz de Porto Salvo e os agricultores, trabalhando com os carros de bois e as lavadeiras.

 

publicado por Ecopolis10 às 12:55

link do post | comentar | favorito

Brasão de Porto Salvo

Com tanta apresentação escrita da nossa amada vila, esquecemo-nos de mostrar o BRASÃO, símbolo da vila.

O Brasão de Porto Salvo tem vários significados, muitos dos quais nem nós AINDA entendemos.

Vamos agora fazer a nossa interpretação do mesmo:

Os castelos representam a nacionalidade portuguesa, povoada de conquistas e reinados de reis valentes e corajosos.

Há também dois moinhos de vento, um de cada lado, pois esta zona é bastante ventosa o que proporciona uma utilização rentável deste tipo de energia renovável.

Nós, enquanto Ecopólis, tencionamos transformar esta zona numa fonte de energia eólica, aproveitando da melhor maneira os recursos que a natureza nos oferece.

Pretendemos mostrar como é importante aproveitar cada recurso para se poupar ao máximo.

No nosso trabalho final, vamos mesmo, criar uma central Eólica, que esperamos que sirva de suporte a um futuro projecto da CMO.

Voltando ao BRASÃO...`

Cruz com base de Âncora - Simboliza a fé e a esperança

A Rosa Mística - O Orago da Freguesia - Nossa Senhora de Porto Salvo

Armações de moinho - Antiga paisagem local

Escudo de Azul - Representa o céu e o mar

O Porto Seguro - Porto Salvo

publicado por Ecopolis10 às 12:24

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

História de Porto Salvo - Mito e Realidade

Porto Salvo é uma vila do concelho de Oeiras. Deve o seu nome à ermida construída no século XVI no Outeiro de Caspolima. E todas as vilas começam com uma lenda:

"O mito é o nada que é tudo"

Segundo a lenda, a construção da ermida, em 1530, resultou do cumprimento de uma promessa de mareantes da carreira das Índias que, no regresso a casa, se viram em grande perigo e prometeram a Nossa Senhora que se chegassem sãos e salvos a Portugal lhe dedicariam uma ermida no primeiro local alto que avistassem ao chegarem.

O rei de Portugal, D.João III, cedeu-lhes um terreno baldio em Oeiras, para a construção da ermida, que desde logo se tornou local de romaria e devoção na grande festa de Nossa Senhora de Porto Salvo (durava 2 dias - 25 e 26 Julho - dias do Apóstolo S.Tiago e Santa Ana).

Em 1670 foi demolida a antiga ermida e em 1694 foi construída a actual capela. Esta capela era sempre saudada com salvas de 21 tiros pelos barcos que chegavam ao Tejo.

Presente e Futuro

Porto Salvo é, hoje, sede de freguesia e é constituído pelas povoações da Lage, Leião, Porto Salvo e Vila Fria.

Está delimitado pelos Concelhos de Sintra e de Cascais e pelas freguesias de Barcarena, de Paço de Arcos e de Oeiras.

Esta freguesia é atravessada pela Ribeira da Lage (um dos afluentes do rio Tejo, onde o nosso estudo está a ser realizado).

Esta é uma freguesia em grande expansão que possui um grande centro de desenvolvimento, o Parque de Ciência e Tecnologia - Tagus Park -, local onde estão sediadas diversas importantes empresas e até uma faculdade - um polo do IST.

Possui também o Lagoas Park, centro de negócios e turismo bastante importante, onde por diversas vezes ficou alojada a nossa Selecção Nacional de Futebol!!!

 

tags:
publicado por Ecopolis10 às 12:52

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Oeiras - Um pouco de História

         A nossa escolha recaiu sobre a freguesia de Porto Salvo que está inserida no Concelho de Oeiras, distrito de Lisboa.

         A História de Lisboa todos já sabemos, mas para todos nos situarmos no local que escolhemos vamos abordar um pouco da história de Oeiras.
 
Oeiras:

 

É sede de um pequeno município (município de Oeiras) com 45,84km² de área e 162.128 habitantes (2001), subdividido em 10 freguesias.
O município situa-se na margem direita do estuário do Tejo e é limitado a norte pelos municípios de Sintra e Amadora, a leste por Lisboa, a oeste por Cascais e a sul tem costa na zona da foz do rio Tejo, onde o estuário termina e começa o oceano Atlântico, situando-se frente a Almada.
Insere-se na Costa do Estoril e Sintra, desta forma beneficiando de um clima temperado marítimo adequado a actividades ao ar livre e utilização das praias do concelho.
O rio Tejo, o mais extenso da Península Ibérica, desagua entre Oeiras e Almada.
As freguesias de Oeiras são as seguintes:

História

              O Marquês de Pombal tornou-se o primeiro Conde de Oeiras da vila de Oeiras. Oeiras foi constituída concelho a 13 de Julho de 1759. Oeiras foi extremamente desenvolvida pelo Marquês de Pombal que criou grandes jardins e locais amigos do ambiente. Com o passar do tempo foi-se tornando um concelho cada vez mais importante, também, pelas suas praias.
Actualmente o concelho apresenta um dos mais elevados índices de qualidade de vida em Portugal.
 
Alguns monumentos

Gastronomia

            Da gastronomia desta localidade destacam-se os cacetes de Paço de Arcos, os Palitos do Marquês, os Mimosos ou as Queijadas de Oeiras. Oeiras é também região demarcada do vinho licoroso de Carcavelos que ainda hoje é produzido no concelho.
 
tags:
publicado por Ecopolis10 às 11:09

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

EcoGrupo

Nº de visitantes

Counter Stats
gold coast mechanics
gold coast mechanics Counter

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts antigos

Outro Brasão

Brasão de Porto Salvo

História de Porto Salvo -...

Oeiras - Um pouco de Hist...

tags

todas as tags

EcoLinks

arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Eco Fotos

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds