Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Análises à água da Ribeira de Talaíde

 

 

Ainda no período passado tínhamos pedido ao Dr. Domingos Leitão, que trabalha na Câmara de Oeiras na parte ambiental e nos tem ajudado ao longo do nosso trabalho, se era possível que a câmara fizesse algumas análises físico-químicas à água da ribeira. Ele prontamente contactou os SMAS que se disponibilizaram a fazer as análises. Assim no dia 8 de Janeiro um responsável do laboratório dirigiu-se á nossa escola e perguntou-nos onde queríamos que a água fosse recolhida. Pedimos-lhe que fizesse a recolha perto da ponte rodoviária de Talaíde, o ponto mais a jusante da nossa monitorização. Hoje chegaram os resultados das análises que publicamos aqui:

 

 

Parâmetros

Resultados

Unidades

Azoto amoniacal

<3.0

mg/L NH4

Nitratos

10.0

mg/L NO3

Condutividade

600

mS/cm

pH

7.5

Unidade de pH

Temperatura

17

ºC

Oxigénio Dissolvido

8.2

mg/L O2

Temp. Determinação do O2 D

16

ºC

Salinidade

0.3

dS/m

Nitritos

0.3

mg/L NO2

 

Estamos agora pesquisar os valores de referência existentes para este tipo de ecossistemas de modo a podermos compará-los com os nossos valores!

 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por Ecopolis10 às 12:36

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

A Ribeira da Nossa Aldeia

No nosso exaustivo estudo de Fernando Pessoa descobrimos um poema de Alberto Caeiro que nos tocou muito pelo seu assunto tão próximo do nosso projecto.

Este poema é sobre o rio da aldeia, que, para nós, é a ribeira da Lage. Pode não ser um verdadeiro rio, mas, para nós, vale tanto como se fosse.

Aqui fica o poema:


"O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.
O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele.
Fernando Pessoa (Alberto Caeiro)

A RIBEIRA DA LAGE É O RIO DA NOSSA ALDEIA

publicado por Ecopolis10 às 13:02

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Respostas da Entrevista

Vamos aqui postar as respostas dadas à entrevista anterior. Quando colocarmos alguma citação da D.Paula pomos entre aspas.

 


 

Rancho:

1. Está no rancho há 16 anos.

2. A sua função no rancho é a de cantadeira (cantora).

3. Gosta muito. Conhecem-se há muito tempo e por isso o ambiente é bastante familiar. Foi o seu marido que a levou a ir para o rancho, pois andava lá há 25 anos.

4. Os membros do grupo fazem uma média de 25 a 35 actuações por ano, principalmente na zona do Norte do país. É essa a zona do país em que gostam mais de actuar.

5. Recebem apoios da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Oeiras para as festas e marchas populares do Concelho de Oeiras. Para ganharem dinheiro cantam as Janeiras. O dinheiro que ganham é gasto nas roupas e alimentos. Tirando o acordinista (que é profissional) nenhum membro do grupo recebe.

6. Há pessoas dos 4 aos 70 anos e todas as gerações se dão bastante bem!

7. "Até que a voz me doa."

 

Porto Salvo:

1. Viveu em Porto Salvo durante 23 anos mas agora vive em S.Marcos.

2. Gosta muito mas melhorava o aspecto exterior da Igreja (fazia-lhe arranjos), criava passeios mais largos para as pessoas andarem, mais parques infantis. Ocupava os jovens criando centros de convívio, auditórios e criando mais actividades para os escuteiros.

3. Segundo a D.Paula a freguesia de Porto Salvo é uma das freguesias do concelho de Oeiras que mais apoia a nível cultural, financeiro e social.

 A entrevistada disse também que o concelho de Oeiras é o mais desenvolvido do distrito de Lisboa e que apoia imenso as Marchas Populares.

 

ESAR:

1. Trabalha nesta escola há 13 anos. Antes de aqui trabalhar estudou na escola de 1989 a 1992.

2. Gosta muito.

3. "Escola por escola não mudava. Mudava era de ministério."

4. Escola apoia os alunos mas devia apoiar mais aqueles que têm projectos de iniciativa própria.

5. Os alunos da escola são um pouco problemáticos e indisciplinados (antigamente esta era uma escola de elite, mas com a chegada do bairro social vieram alguns problemas). Mas "todas as escolas têm problemas."

Descobrimos com esta entrevistas que a escola tem em vista a construção de um auditório que servirá para aulas de teatro, música e outras actividades artísticas.

Esta entrevista serviu para aprendermos imenso sobre a escola e sobre Porto Salvo.

 

publicado por Ecopolis10 às 12:27

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Grupos Temáticos

Das temáticas propostas pelo CCC nós escolhemos as que considerámos mais importantes para o nosso projecto.

Essas temáticas são as seguintes:

 


 

- Cultura;

- Espaços Verdes Urbanos;

- Património;

- Energia;

- Marginalidade;

- As crianças na cidade;

- Protecção dos Animais.

 


 

Mais a frente vamos desenvolver cada tópico separadamente, tratando do que falta.

publicado por Ecopolis10 às 11:24

link do post | comentar | favorito

Questões

Vamos colocar aqui as perguntas que fizemos à D.Paula, funcionária da nossa escola que entrevistámos.

 


 

"Rancheiros" - Vila Fria

1. Sabemos que anda no Rancho de Vila Fria. Há quantos anos está no rancho?

2. Qual é a sua função lá?

3. Gosta de lá estar? Como é o ambiente? O que a levou a ir para o rancho?

4. Normalmente quantas apresentações fazem por ano?

5. Que relação tem o rancho com a Junta de Freguesia de Porto salvo? Recebem apoios?

6. Qual a média de idades das pessoas do rancho?

7. Tem a intenção de lá ficar muitos anos?

Referente a Porto Salvo:

1. Vive em Porto Salvo?Se sim há quantos anos?

2. Do que conhece, o que acha da zona? Que melhoras lhe faria?

3. Acha que a Junta de Freguesia apoia a cultura?

ESAR

1. Trabalha nesta escola há quanto?

2. Gosta de cá trabalhar?

3. Se pudesse escolher ficava na escola?

4. Acha que a escola apoia os alunos?

5.  Considera a escola problemática? Poderia melhorar? Em quê?

No próximo post  pomos as respostas!!! Não percam , porque nós também não!!

publicado por Ecopolis10 às 11:09

link do post | comentar | favorito

O Projecto Rios

Projecto Rios!

 

O projecto Rios teve o seu início em Espanha (primeiro na Catalunha e depois na Galiza) e começou a ser implementado em Portugal em 2006, pela mão da Associação Portuguesa de Educação Ambiental e Associação de Professores de Geografia.

         Os objectivos deste projecto:

·        Promover a Educação Ambiental, levando as pessoas a conhecer e valorizar os cursos de água;

·        Implementar uma rede nacional de monitorização dos cursos de água, através da adopção de troços de rios ou ribeiras por parte de grupos de pessoas.

Esta rede nacional permitirá conhecer o estado actual dos rios e ribeiras (o primeiro passo para a proteger) assim como, rapidamente, alertar as autoridades se forem detectados problemas.

A interacção entre grupos vai ser possível através de uma página na Internet para onde são enviados os dados, que serão organizados numa “Informação Anual” sobre os estados dos rio.

Já várias escolas aderiram a este projecto, adoptando troços de rios e esperando vir a fazer parte desse grupo em breve.

 

 

Sites:

 

www.proxectorios.org (site galego)

 

http://www.aspea.org (em Portugal)

 

tags:
publicado por Ecopolis10 às 10:39

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Regresso

Olá! Depois de uma semana de "repouso" em que estivemos a estudar arduamente para o teste Intermédio de Matemática  vamos voltar a carga. No próximo post (que está para breve) vamos colocar aqui uma entrevista que fizemos à D.Paula (contínua da escola).

A D.Paula faz parte dos "Rancheiros" de Vila Fria - Ainda se lembram?? -  e concordou em falar-nos um pouco da sua função lá e mostrar-nos a sua opinião sobre Porto Salvo e a Escola.

publicado por Ecopolis10 às 17:47

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Lagoas Park

  Vamos agora falar de outro grande centro de negócios  - o Lagoas Park

 

  “O Lagoas Park tem um espaço verde que, visto do céu, tem a forma de uma árvore. É uma árvore parecida com aquelas que os mais pequenos desenham, simples e com bikos laterais aos quais, nesta altura do ano colocam, estrategicamente, umas bolas e pinhas penduradas, perfazendo uma linda e mágica árvore de Natal”. (In “Oeiras em Revista”)

 

 

  O plano do Lagoas Park abrange uma área de 55,8 há, delimitado pela Ribeira da Lage e a Auto –Estrada (A5). O seu nome é fruto dos mais de 8.500 m2 de lagos e cascatas que foram criadas e integradas em 80.000 m2 de espaços verdes. E é toda esta amplitude da Natureza que os edifícios construídos sobre a lógica da inovação, foram criados. A componente ambiental do empreendimento é uma das suas características diferenciadoras.

 

  O Lagoas Park é um Office Park pensado, desenhado e construído para a realização de produtividade, bem como para o bem-estar das empresas, nomeadamente os seus colaboradores.

Todos os anos é realizado inquérito ás empresas que actualmente residem neste espaço. O resultado revela-se, na sua grande maioria, em satisfação em relação ás características, equipamentos e serviços que o Parque oferece.

 

  Este Parque é essencialmente procurado por empresas multinacionais que normalmente necessitam de grandes espaços e que valorizam características como a proximidade ao centro de Lisboa, ao Aeroporto, bem como pelo facto de possuir ‘entre portas’ ofertas utilitárias, tais como Hotéis e Centros de Congressos que funcionam como apoio logístico aos negócios.

 

 

Vantagens:

 

  A mais valia deste Parque resulta de um conjunto variado de factores, nomeadamente a sua localização e acessos, sem esquecermos as características técnicas dos edifícios, a diversidade dos equipamentos complementares e serviços de apoio, sem esquecer a vertente de qualificação urbana e ambiental que marca todo o empreendimento.

 

 

Utilidades:

 

  Estes edifícios foram dotados de características técnicas, onde a tecnologia está ao serviço do conforto, da eficiência e onde se associa uma gestão actuante e integrada que permite obter significativas economias nos custos de exploração. Com 14 edifícios de escritórios, 11 dos quais já concluídos, o Lagoas Park integra também um hotel de 4 estrelas com 180 quartos e 2 suites, um centro de congressos com auditório com capacidade para 600 pessoas e 9 salas de reuniões, um health club dotado de ginásio, vários estúdios, piscina, sauna, banho turco e jacuzzi, um complexo desportivo especializado em futebol com 2 campos de relva sintética de última geração, um centro de estética, um colégio para crianças dos 3 meses aos 6 anos, uma galeria comercial com diversos restaurantes e 6.000 lugares de estacionamento, incluindo um parque de estacionamento público subterrâneo.

 

 

 

 

publicado por Ecopolis10 às 13:13

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

TagusPark

E agora, relacionado com a parte cultural, mas mais principalmente com a tecnológica, eis que chega o Tagus Park.

O Tagus Park é o maior centro de Ciências e Tecnologia de Portugal.

 

Definição:

  " O Taguspark organiza-se para o investimento de empresas e entidades produtoras de desenvolvimento social sustentado através do conhecimento e inovação científica e tecnológica, numa dinâmica onde as descobertas e aplicações científicas têm por objectivo uma sociedade determinada pelo bem-estar, saúde e ambiente sustentável da humanidade.

Os três pilares estruturantes do Parque da Ciência e Tecnologia - Universidades, Instituições de I&D e Empresas - integram-se num projecto onde a gestão e a administração da Taguspark S.A. implementa também Iniciativas Incubadoras de ideias e empresas destinadas à comercialização de resultados da investigação científica e disseminação de novas competências técnicas no mercado de trabalho."

 


 

Vantagens:

" Nesse âmbito, o Taguspark está também vocacionado para a criação de condições favoráveis ao desenvolvimento das capacidades de trabalho, inovação e investigação de mulheres e homens que nele trabalham, das empresas e instiruições instaladas - assumindo-se como motor de desenvolvimento social e económico da região em que se insere.

O conceito do Parque compreende, não apenas os edifícios de empresas ou universidades, o locar restrito do posto de trabalho e os respectivos instrumentos - mas também as circunstâncias em que se exerce a actividade produtiva: edifícios certificados, espaços naturais com reduzido impacto do edificado, condições de apoio à prática de desporto, serviços culturais, etc...

 

Entre outros o Taguspark engloba um pólo do Instituto Superior Técnico (IST), que oferece poucos cursos mas importantes:

 - Engenharia Informática e de Computadores;

 - Engenharia de Redes de Comunicação;

 - Engenharia Electrónica;

 - Engenharia e Gestão Industrial.

 - Informações retiradas de www.taguspark.pt

 

 


publicado por Ecopolis10 às 15:46

link do post | comentar | favorito

SIMPS

Como a cultura (neste caso a música) nunca é demais, vamos agora dar-vos a conhecer a SIMPS - Sociedade de Instrução Musical de Porto Salvo - e o que esta representa.


"A sociedade de Instrução Musical de Porto Salvo foi fundada a 15 de Novembro de 1914."

A História da SIMPS está sobretudo gravada na memória das pessoas, existindo apenas documentos da mesma.

" Foi fundada inicialmente sob a designação de Grupo Musical Recreativo de Portosalvense. Tomou, em 1931, o nome de Grupo de Instrução Musical de Porto Salvo.

Em 25 de Novembro de 1934 foi inaugurada a primeira escola primária da zona, construída pelos sócios da SIMPS, com o apoio do Governo Civil de Lisboa.

Em 1936 durante a exposição industrial, agrícolo e Pecuária, exibiu-se o Rancho da Desfolhada ( já tentamos contactar a SIMPS para termos acesso ao poema, mas até agora nada)., cujo poema é representativo da sociedade de outrora.

Em 1941, foi inaugurada a sede da Sociedade (também serve de salão de baile), onde actuou pela primeira vez a banda da SIMPS (que agora é muito boa e conceituada) - "O SÓLIDO".


Actividades:

Música (a mais importante);

Ténis de Mesa;

Dança de Salão;

Karaté;

Andebol (cuja equipa feminina já conquistou muitas glórias).

http://www.bandasfilarmonicas.com/bandas.php?id=585

tags:
publicado por Ecopolis10 às 11:17

link do post | comentar | favorito

EcoGrupo

Nº de visitantes

Counter Stats
gold coast mechanics
gold coast mechanics Counter

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts antigos

Fim do ano

Poster e Relatório

Lagoas Park no Virtual Ea...

Ribeira de Talaíde no Vir...

Propostas para a Ribeira ...

Maquete da Escola - Final...

maquete - Informações Fre...

Virtual Earth - Leões de ...

As Ribeiras na Sic

Virtual Earth

tags

todas as tags

EcoLinks

arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Eco Fotos

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds